• Tecnologia

    durante a pandemia

  • Apoio emocional

    na volta às aulas presencial

  • Propósito

    de transformar o mundo

O Colégio Villa Global Education utiliza o livro didático como apoio para as suas práticas pedagógicas. Além disso, a escola conta com a parceria da par, para complementar o ensino de maneira personalizada. A coordenadora do Colégio Villa, Joice Lemos dos Santos, contextualiza a instituição dizendo que é uma bancada de educação nacional com uma perspectiva internacional. Abrange desde a Educação Infantil até o Ensino Médio e pré-vestibular. Atualmente, são duas unidades na Bahia, uma em Salvador e a outra em Camaçari.  

“O propósito do Villa é o de formar pessoas fortes, felizes e preparadas para transformar a sua vida e o mundo.”Coordenadora do Colégio

Joice ainda afirma que esse não é um ideal clichê e diz que eles realmente consideram esse o propósito do Colégio. O Villa Global Education possui uma excelente classificação no ranking do ENEM, complementa a coordenadora. Apesar disso, o foco continua sendo em auxiliar os alunos na construção do seu futuro, plano de carreira e projeto de vida.  

Por que o livro didático? 

O livro didático é um ponto de apoio para auxiliar o educador, na medida em que ele traça um caminho e uma sequência para a aprendizagem, evitando que ocorram lacunas que prejudiquem o entendimento dos conteúdos. Além disso, esse material representa uma fonte confiável de consulta, tanto para os docentes quanto para os alunos e as suas famílias.” – Dia Nacional do Livro didático: Qual a importância desse material, Blog da par

As diretrizes estabelecidas pelo corpo administrativo guiam a escolha do material didático utilizado na escola. A coordenadora cita alguns critérios levados em consideração: autor da obra, discurso alinhado ao Projeto Político Pedagógico, conhecimento sobre a coleção do livro, exatidão conceitual, metodologia, inovação, tecnologia complementar.  

“Para nós o livro é mais que um objetivo. Ele deve trazer valores agregados.” – Joice Lemos dos Santos – Coordenadora do Colégio Villa Global Education 

Talita Fagundes, gerente pedagógica da par, reforça a importância de metodologias atualizadas em um cenário contemporâneo. A tecnologia traz inovações para o contexto educacional, até mesmo se tratando do uso do livro didático.  

 A tecnologia no Colégio Villa Global Education

A coordenadora nos conta que a escola já havia se transformado digitalmente antes da pandemia, mas que esse processo se intensificou. Para além das tecnologias que vêm associadas ao livro, a escola conta com outros recursos como: plataforma própria para planejamento, utilização de metodologias ativas no processo de aprendizagem, agenda digital, desempenho do aluno, universo multimodal de cultura digital.  

Relacionando o livro didático com a tecnologia, Joice diz que os alunos e professores estão utilizando a sua versão digital através da plataforma do plurall. Com isso, ficou ainda mais fácil desenvolver a cultura digital no ambiente escolar. Processos que antes eram feitos de forma analógica, agora são otimizados por meio de instrumentos tecnológicos. Essas ferramentas trazem dados mais concretos que auxiliam a escola a realizar intervenções pedagógicas.  

Uma figura essencial nesse processo de transição da escola física para a digital, que ocorreu no início da pandemia, é o professor. Os docentes tiveram que se readaptar a ensinar em um modelo totalmente novo: por meio de telas. Para que isso fosse possível, foi necessário um apoio ainda maior por parte da escola. Isso foi feito por meio da formação continuada na plataforma do PROFS, um modelo EAD e assíncrono de ensino.  

Principais transformações ocasionadas pela pandemia 

“A pandemia intensificou o nosso processo de entendimento acerca do que é de fato as metodologias ativas” – Coordenadora do Colégio 

A coordenadora complementa dizendo que essas metodologias nada mais são do que colocar o aluno como protagonista do processo de aprendizagem. O cenário pandêmico impulsionou e equilibrou o modo de ensinar e aprender dentro do contexto escolar. Todas as práticas adotadas durante esse período vão continuar mesmo após o retorno presencial das aulas. O único ponto que precisa ser retomado é o contato direto com os alunos, que foi dificultado.  

“As metodologias ativas consistem na mudança do paradigma do aprendizado e da relação entre o aluno e o professor. O aluno passa então a ser o protagonista e transformador do processo de ensino, enquanto o educador assume o papel de um orientador, abrindo espaço para a interação e participação dos estudantes na construção do conhecimento” – Metodologias ativas: Como essa tendência pode beneficiar as práticas pedagógicas, Blog da par

Conclusão 

O principal desafio do Colégio Villa Global Education após todos esses meses é o retorno presencial dos alunos. A escola vai precisar, sobretudo, apoiar emocionalmente os estudantes e auxiliar na retomada da rotina escolar. Além disso, é de suma importância visar corrigir as lacunas de aprendizagem geradas durante o período pandêmico.  

A par está sendo uma parceira durante todo esse processo e vai continuar auxiliando o Colégio a aprimorar o ensino e readequá-lo a essa nova realidade. A tecnologia também se mostra uma aliada e facilitadora neste contexto.