Como aproveitar melhor o tempo de aula? - par Plataforma Educacional

Como aproveitar melhor o tempo de aula?

Por Amanda Viegas

24 de ago de 2018 Otimização do Tempo

A sociedade tem exigido cada vez mais um aluno preparado para questionar, solucionar problemas e superar desafios - um aluno preparado para o século XXI. Nesse contexto, a formação continuada dos professores é essencial para que as práticas pedagógicas sejam sempre adequadas e atualizadas. Além disso, em meio a tantas exigências e a currículos tão extensos, é importante que o docente se organize a fim de aproveitar melhor o tempo de aula e de trabalhar todo o conteúdo previsto com os estudantes.

Pensando nisso, este artigo reúne algumas dicas para ajudar o docente a organizar melhor o tempo em sala de aula. Continue lendo!


 

4 dicas para otimizar o tempo de aula

Antes mesmo de o ano letivo começar, o calendário escolar é definido e os professores planejam a sua metodologia pedagógica.

No entanto, independentemente do motivo - seja por colaboração da turma, por estender um assunto além do planejado etc - os educadores podem sentir certa dificuldade em organizar o tempo da aula, que muitas vezes não é suficiente. Por causa disso, os próximos assuntos podem acabar sendo apressados e pouco aprofundados.

É claro que não existe uma solução definitiva, mas algumas boas práticas podem ajudar o docente a aproveitar melhor o tempo de aula:

1. Planeje o tempo a ser gasto em cada parte da aula

Todo educador precisa planejar suas aulas com certa antecedência para que tenha um bom rendimento e que todo o programa escolar seja contemplado. Ainda assim, é possível otimizar esse processo quando o planejamento é feito com mais detalhes e atenção.

Além de estabelecer que atividades precisam ser cumpridas e que tema será abordado em cada aula, o professor deve definir quanto tempo será gasto em cada etapa da aula. Desse modo, explicações e exercícios que poderiam ter uma duração mais breve não são alongados demais, o que previne que atividades mais complexas e demoradas sejam prejudicadas.

2. Organize materiais necessários antes de a aula começar

Tendo elaborado um cronograma detalhado de cada aula, o educador pode verificar previamente que materiais serão necessários e prepará-los antes que a aula tenha início.

Assim, caso o programa de determinada turma preveja uma apresentação em datashow, por exemplo, o professor deverá deixar o projetor ligado e posicionado antes que os estudantes cheguem à sala. No caso de uma discussão em grupo, também é interessante que as carteiras sejam dispostas em círculo antes do início da aula, pelo professor ou pela própria turma, nos primeiros cinco minutos da classe, tempo que deverá ser considerado pelo educador em seu cronograma.

Esse tipo de atitude implica em menor desperdício de tempo com atividades e preparações nas quais os alunos não estão aprendendo e, consequentemente, maior disponibilidade para perguntas, exercícios e explicações mais frutíferas.

3. Compartilhe o cronograma de cada aula com os estudantes

Quando os alunos sabem o que deve acontecer em cada aula e para quando está previsto o início de cada nova atividade, compartilham a responsabilidade do andamento com o professor. Isso porque eles mesmos também precisam colaborar para que o cumprimento dos exercícios corra dentro do tempo delimitado.

Isso significa que, caso um afazer ultrapasse o tempo estipulado, os próprios estudantes terão consciência disso e sentirão a necessidade de concentrar-se para que o atraso não se prolongue. Da mesma maneira, quando uma tarefa é finalizada antes do tempo, o alunos ficarão mais satisfeitos e motivados a passar para a próxima atividade.

4. Inclua atividades mais atrativas

Por fim, depois de dividir a responsabilidade do andamento da aula com os estudantes, o professor pode adotar a estratégia de inserir afazeres mais divertidos e atrativos ao final da aula. Alguns exemplos são as atividades envolvendo vídeos, jogos, uso de dispositivos eletrônicos e outras mídias. Além disso, há professores que apostam em atividades extracurriculares, como clubes, grupos de estudo, excursões, entre outros.

Uma boa ideia é promover uma competição entre os alunos usando exercícios a serem resolvidos. Essa atividade, além de estimular o trabalho em grupo, dinamiza o dia a dia dos alunos e traz um pouco mais de descontração, sem deixar de agregar conhecimento.

Deixando esse tipo de afazer por último, o professor garante que os estudantes vão se esforçar para que o cronograma seja cumprido sem atrasos, pois, do contrário, o tempo dessa última atividade será prejudicado.

Organizar o tempo em sala de aula é muito importante, no entanto, trabalhar a gestão do tempo fora de classe também é essencial. Dessa maneira, o educador consegue manter um equilíbrio adequado entre a vida pessoal e profissional. Algumas ferramentas podem ser grandes aliadas nesse processo. Baixe o nosso infográfico e conheça 7 tecnologias que auxiliam na gestão do tempo:

como-aproveitar-melhor-o-tempo-de-aula

Conhece outras maneiras de aproveitar melhor o tempo de aula? Compartilhe a sua experiência nos comentários!


Fale com um
especialista

Converse com um especialista e saiba como a par pode ajudar sua escola a alcançar resultados pedagógicos cada vez melhores.

Aceito receber um contato do especialista da par por Whatsapp